24 de julho de 2017

Camponovense se envolve em acidente com vítimas fatais no Paraná

Morreu na tarde deste domingo (23), o fotógrafo Saulo Azevedo de Oliveira, de 42 anos. Saulo trabalhava para o jornal A Voz de Ibaiti de Carlos Zapata. Saulo e os outros dois ocupantes do Fiat Prêmio seguiam de Figueira para a cidade de Pinhalão (PR) onde fariam a cobertura do rodeio para a imprensa local.


O veículo que Saulo  dirigia, um Fiat Prêmio foi colhido de frente por uma Mitsubishi Triton, conduzida por Alcides Roberto França de Lima (42 anos – camponovense) que retornava de Pinhalão e teria invadido a pista contraria na PR-272, no trecho entre Pinhalão e Japira.
 

Saulo Azevedo de Oliveira, de 42 anos e um passageiro identificado como Deivid da Silva de Paula de 15 anos morreram na hora. O terceiro ocupante do veículo identificado como David Junior Vaz (15), chegou a ser socorrido, mas também morreu a caminho do hospital.


Saulo Azevedo de Oliveira era irmão do agente do DEPEN (Departamento Penitenciário do Estado do Paraná) Silvio Adriano que se apresentava na festa com sua Banda bastante popular na região.


O motorista da camionete Mitsubishi Alcides Roberto França de Lima (42), conhecido como “Betinho do lava car”, voltava do rodeio de Pinhalão e trazia uma carreta com um cavalo na camioneta. Ele foi conduzido para a delegacia pela Polícia Militar, se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas cedeu amostras de sangue para exames.

O rapaz foi interrogado pelo delegado e liberado porque sentia dores e retornou ao Hospital.  Alcides Roberto França de Lima de 42 anos vai responder processo em liberdade.

Os veículos foram recolhidos para o pátio da Polícia Rodoviária em Ibaiti.


Fonte: Informepolicial.com



Comentários
0 Comentários