19 de julho de 2017

Autor de esquartejamento em Concórdia é encontrado morto

Autor confesso de um dos homicídios mais brutais já registrados em Concórdia, Jucelino Marcos, 47 anos, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (18). Ele estava internado em Florianópolis, no Hospital de Custódia, onde passava por avaliação psiquiátrica pela morte de Laercio Chiamentti, 55 anos.

Conforme informações confirmadas pela administração do Hospital de Custódia, os agentes faziam a contagem dos presos quando deram falta de Jucelino. Ao verificar na sala onde ele estava, os agentes localizaram o homem sem vida por enforcamento.

Agentes do Presídio Regional de Concórdia estavam na Capital para buscar Jucelino, que seria transferido novamente para Concórdia, onde aguardaria os desdobramentos judiciais.

Depois de matar Laércio, Jucelino esquartejou o corpo da vítima em oito partes. O outro homicídio do qual ele é acusado tem como vítima Luiz Adão Laurindo da Silva. Jucelino contou que encontrou com a vítima em um bar na sexta-feira (3 de fevereiro), quando foi convidado a consumir bebidas alcoólicas. Ele e Laercio estiveram em um supermercado, onde compraram cervejas e conhaque. “Tinha acabado a minha bebida e pedi um gole. Ele me deu um soco, que me derrubou no chão. Daí eu pensei: vou matar esse homem. Fui na estrebaria, peguei uma corda e enforquei ele. Morreu em dois minutos”, relatou, ao comentar que cortou o corpo no dia seguinte, usando um cerrote e uma faca.


Fonte: Atual FM



Comentários
0 Comentários