26 de junho de 2015

Partidos movimentam os bastidores para as eleições municipais

Marcada para acontecer em 2 de outubro de 2016, a eleição que definirá o próximo prefeito de Campos Novos já começa agitar os bastidores da política local. Desde já, são vários os nomes postos na mesa como pré-candidatos ao comando do município entre os anos de 2017 e 2020. Levantamento realizado pela Folha Independente junto aos principais diretórios municipais, mostra que pelo menos 16 nomes já aparecem como pré-candidatos. A sondagem foi feita com as cinco siglas que contam com representantes na Câmara, além de outros partidos em atuação no município.

O PMDB, que hoje comanda o município e tem maioria na Câmara de Vereadores é a sigla com maior número divulgado de pré-candidatos. A princípio, Nelson Cruz é o número 1 para encabeçar a chapa majoritária e deve sim concorrer à reeleição, o que poderá ser sua terceira disputa a prefeito. Apesar do risco de ficar inelegível e perder seus direitos políticos, resultado de uma sentença que o condenou por crime ambiental, o PMDB não teme que possa implicar em impossibilidade de lançar seu principal nome antes do trânsito em julgado da ação, além do tipo penal não incorrer em improbidade administrativa.

Outras possibilidades também foram apresentadas pelo diretório municipal. Todos os vereadores do PMDB: Dirceu Kaiper, Nelsinho Carrafa, Rui Tomazoni e Cássio Campagnoni são nomes à disposição do partido. Além deles, Jairo José, atualmente vice-prefeito e Mauro Vieira, médico em Campos Novos e vice-presidente do partido. Excluindo Jairo José, que está em seu segundo mandato consecutivo como vice-prefeito, todos esses nomes, além de Gilson César Lopes, liderança jovem do partido e hoje diretor do Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), são nomes que estão sendo estudados internamente para concorrer ao cargo de vice-prefeito.

Segundo informado pelo partido, Vilibaldo Schimid, ex-prefeito de Campos Novos, não deve entrar para uma nova disputa política, por uma decisão pessoal. Vilibaldo teve convite pessoal do governador para entrar no PSD, porém, disse que sua saída do PMDB não passa de mera especulação e que tem compromisso com o partido. Atualmente, Vilibaldo é o Secretário Regional da SDR Campos Novos, órgão do governo do Estado.

O PP, segundo maior partido de Campos Novos em número de filiados, novamente, não vai abrir mão de lançar candidaturas a majoritária. Alexandre Di Domenico, adversário de Nelson Cruz no último pleito eleitoral é o principal nome para a corrida eleitoral de 2016. Adavilson Telles e Aparício Duarte também aparecem como nomes a serem trabalhados pelo partido para concorrer às eleições majoritárias. O PP está encabeçando um projeto para fortalecer o partido e deve lançar chapa pura para as eleições proporcionais. Vários políticos estão sendo convocados para compor a nominata, visando um projeto de eleger pelo menos três vereadores em 2016.

O PSD está ainda em fase de estruturação em Campos Novos e se apresenta com uma proposta de renovação e mudança para as eleições municipais, com participação de figuras públicas que não estão ligadas a política diretamente e que nunca disputaram vagas eletivas. Com um pouco mais de experiência, um dos nomes colocados à disposição do partido a majoritária é o do ex-vereador e ex-pepista Silvio Alexandre Zancanaro. A oficialização de sua filiação ao PSD ocorreu na noite de ontem (25), além de outras pessoas, que poderão compor a nominataa ser lançada como pré-candidatos a majoritária, assim como na proporcional. Apesar de tudo apontar para uma candidatura própria, o partido não descarta integrar uma coligação.

Outro partido em fase de estruturação é o PC do B com a formação de uma comissão provisória em andamento, sob a chancela do deputado estadual César Valduga. Roberto Sampaio é o nome informado como pré-candidato do partido para a majoritária. O objetivo do partido é arrancar nas eleições com nominata completa para prefeito e vereador, sem descartar possíveis alianças no futuro. Um dos nomes apresentados para concorrer a proporcional é de Adão Viáter, presidente da Associação de Moradores do Bairro Aparecida.

A reportagem também ouviu representantes de outros partidos. O PT apresentou como possíveis pré-candidatos Dilso Barcelos e o vereador Antônio Rosa. Pelo PSDB, o pré-candidato é Fernando Roberto Walmorbida, o Dr. Betão, que concorreu a deputado federal nas eleições de 2014 conquistando 1.295 votos. O PR informou o nome de Marco Aurélio Becher. Todos os partidos estão com agenda para a realização de convenções dentro dos próximos meses e tudo vai depender dos encaminhamentos dessas reuniões – o momento ainda não é definitivo, e além do mais, depende do alinhamento de alianças e coligações que darão forma as eleições de 2016.

Filados


Ao todo, há em Campos Novos 5.280 filiados a partidos políticos. Os dados foram informados pela Justiça Eleitoral, referente a maio de 2015.

Matéria do Jornal Folha Independente reproduzida no Blog



Comentários
0 Comentários