29 de abril de 2015

Copercampos promove a campanha “Maio Amarelo: Atenção Pela Vida”

Com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito, a Copercampos através da CIPA e do Setor Segurança e Medicina do Trabalho, promove durante o mês de maio a campanha “Maio Amarelo: Atenção Pela Vida”.



Conforme a Engenheira de Segurança do Trabalho da Copercampos, Vanessa Marin Kettenhuber, a iniciativa contará com atividades educativas e de conscientização sobre o trânsito. “No sábado dia 02 de maio será desenvolvida uma ação de consientização no centro da cidade com a distribuição de material informativo na Praça Lauro Muller e durante o mês serão realizadas palestras em todos os setores da cooperativa com a distribuição de uma cartilha, além um treinamento de direção defesiva voltado aos funcionários, com os alunos das escolas municipais será realizado um concurso de desenhos”, informa Vanessa.

10 regras de segurança no trânsito. Confira:

- Todos os ocupantes do veículo, adultos e crianças, devem usar o cinto de segurança inclusive no banco traseiro.

- Crianças de até 7 anos e meio nos carros devem usar os equipamentos de proteção adequada a idade (bebê conforto, cadeirinhas ou assentos de elevação).

- Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação, aumentando o risco de acidentes. Se beber, vá de ônibus, táxi ou carona.

- Pedestre deve sempre ser respeitado. Lembre-se: você também é pedestre. Dê passagem à vida!

- Bicicleta também é veículo, portanto deve respeitar a sinalização de trânsito. Motorista, mantenha uma distância segura de 1,5m ao ultrapassar ciclistas.

- Respeite os limites de velocidade. Reduza a velocidade em frente a escolas ou lugares de grande concentração de pedestres.

- Motociclista, use sempre os equipamentos de proteção: capacete, luvas, botas e jaquetas.


- Respeite as vagas resevadas para idosos e deficientes. A gentileza melhora a convivência no trânsito. Respeite o ser humano, de preferência para ambulância.

- Não use o celular enquanto dirige. A distração é um dos principais fatores de risco para quem está no volante.

- Dirigir cansado ou com sono é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado. Pare e descanse antes de pegar a estrada.






Comentários
0 Comentários