6 de janeiro de 2015

Mulher é esfaqueada por vizinhos após denunciar som alto

Uma ocorrência de perturbação do sossego por som alto, terminou em tragédia no último domingo (04), quando uma mulher de 38 anos foi esfaqueada até a morte pelos próprios vizinhos em Santa Cecília.

De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 19h, uma guarnição foi acionada para atender a ocorrência de perturbação em uma residência localizada na rua professor Carlos Belli, no bairro Marciliano Fernandes.

No local, os policiais conversaram com uma adolescente de 14 anos, que se comprometeu em cessar a perturbação. Mas, após a saída da guarnição, ela foi até a casa da vizinha, Noely de Vargas, de 38 anos, tomar satisfações, inclusive apedrejou a moradia, fez ameaças, proferiu palavrões e responsabilizou a mulher pela denúncia feita ao 190.

Diante dos fatos, a guarnição retornou ao local, e devido os ânimos estarem exaltados todos foram conduzidos à delegacia para o registro da ocorrência. Após os procedimentos, as partes foram liberadas. Minutos depois, quando os policiais saiam da delegacia foram informados que havia ocorrido um esfaqueamento no mesmo local do atendimento da ocorrência de perturbação. Noely havia sido vítima de inúmeras facadas pelo corpo, inclusive ficou com uma faca cravada no rosto.

Ela chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu a caminho do Hospital Regional de Curitibanos. Também ficaram feridas duas adolescentes, de 16  e 17 anos, além de João Maria Amaro, de 53 anos, todos com lesões leves. Segundo populares que presenciaram o fato, os autores foram a adolescente da ocorrência da perturbação, e seus familiares Munir Rogério Martins, 34, Cleomar Rodrigues, 23, e Vanessa Correa Martins, 28. Todos fugiram do local.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Caçador, onde foi retirada a faca com aproximadamente 22 cm de lâmina. Segundo a Polícia Militar, as partes envolvidas já possuíam outros desentendimentos. No mesmo dia, no momento que a guarnição atendia a ocorrência de perturbação na casa da adolescente, a vítima Noely estava chegando em sua residência pois estava vindo do hospital, onde sua neta está internada.


Fonte: Diário Caçadorense via Caco da Rosa










Comentários
0 Comentários