27 de dezembro de 2014

Justiça coloca em liberdade acusada de matar companheiro em Campos Novos


A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) acatou parcialmente recurso e revogou a prisão preventiva de Fabiana da Silva, 29 anos, acusada de homicídio no município de Campos Novos. Em apreciação de recurso ingressado pela defesa da ré, o TJSC ainda excluiu a qualificadora do fator surpresa e, expediu, alvará de soltura em seu favor.

O recurso criminal teve como relator o desembargador Sérgio Rizelo. Fabiana da Silva foi pronunciada em 23 de setembro deste ano pelo juiz da comarca de Campos Novos, Tiago Fachin, para ser submetida a júri popular sob acusação da morte de Alcino Dutra Pinheiro, de 37 anos. A vítima e a acusada viviam juntas em uma união estável e, segundo a polícia, Fabiana tinha o costume de agredir o companheiro.



No dia do crime, 17 de maio, ela teria xingado e desferido tapas contra o rosto da vítima em uma lanchonete, pouco antes do homicídio. Conforme o processo, Fabiana carregava a faca do crime na bolsa e teria feito ameaças antes de desferir o golpe certeiro no pescoço de Pinheiro nas proximidades do Trevo de Tupitinga, interior de Campos Novos. Em primeira instância, a ré teve o direito de recorrer em liberdade negado, situação que foi revertida agora em instância superior.

Via Atual FM







Comentários
0 Comentários