11 de novembro de 2014

Líder da quadrilha que praticava assaltos na região é baleado em confronto com a polícia

A Polícia pôs fim nesta terça-feira (11) a quadrilha que estava aterrorizando a região com assaltos a mão armada e uso de violência. O líder da quadrilha, o menor M.B.C.M., conhecido  como “Indiozinho”, 17 anos, foi baleado em confronto com a polícia por volta das 06h00 em frente ao Comeia Atacarejo, na Avenida Caetano Natal Branco em Joaçaba.

De acordo com o chefe de investigação da DIC (Divisão de Investigação Criminal) Juliano Pedrini, a polícia recebeu a informação de que um casal de Videira viria resgatar Indiozinho. “Imediatamente montamos a operação e interceptamos eles na saída de Luzerna para Joaçaba”, contou Juliano ao acrescentar que o veículo, um Fusca, placas MBR-2620 de Videira, só parou após disparos que atingiram as rodas.

No lugar do casal, os policiais Jeferson Tedesco (P-2) Pablo Morandini e Renato Weiss (DIC), foram ao encontro do menor com o veículo, no entanto, quando o Fusca se aproximou ele percebeu que não eram os comparsas e disparou contra os policiais que revidaram. “Foi muito rápido”, disse Weiss que atirou de dentro do carro. “Tínhamos a informação que ele não se entregaria, reagiria e viria para o confronto. Graças a Deus a vítima foi ele”, comentou. O tiro atingiu a região da barriga de Indiozinho que foi encaminhado ao Hospital Universitário Santa Terezinha. Seu estado não foi informado.

A ação envolvendo Polícia Civil, Militar, DIC e P-2 (Agência de Inteligência da PM), prendeu o casal Gilmar Gonçalves Ribas, 27 anos, e Silmara Regiane dos Santos, 29 anos, além da namorada de Indiozinho, M.M., de 13 anos. O Fusca e uma motocicleta, placa MAT-5348 de Concórdia, com registro de furto, foram guinchados até a delegacia.

A quadrilha é responsável por uma onde de assaltos em Pinheiro Preto, Videira, Treze Tílias e Capinzal. Na segunda-feira, a polícia apreendeu um dos menores que estava tentando abastecer em Herval d´Oeste uma motocicleta furtada.


Fonte: Caco da Rosa









Comentários
0 Comentários