28 de julho de 2013

Caminhão cai de ponte em Campos Novos

Um acidente entre dois caminhões sobre uma ionte por pouco não terminou em tragédia em Campos Novos. Foi na SC-455 no trecho do Distrito de Ibicuí que liga Campos Novos ao Município de Abdon Batista. Em menos de 15 dias 3 acidentes foram registrados no local. O grande problema do trecho é que a ponte que une as duas pistas tem espaço para passar um veículo de cada vez. O trajeto é perigoso, pois, não há sinalização adequada para que os motoristas reduzam a velocidade para passar no local.

Na tarde desta sexta-feira (26) por volta das 17h um caminhão Mercedes Bens (Furgão), placas IJC-1441 de Farroupilha (RS), estava transitando na SC-455 sentido Abdon Batista/Campos Novos, quando, segundo informações coletadas, apresentou problemas mecânicos e não conseguiu reduzir a velocidade ao chegar na cabeceira da ponte. Ao mesmo instante um caminhão Guincho VW, Placas MBQ 1567 de Campos Novos, estava em cima da ponte, sentido Campos Novos/Abdon Batista e por pouco a tragédia não foi ainda maior.

O condutor caminhão furgão para não bater no guincho jogou seu veículo para dentro do Rio Ibicuí. Estavam no caminhão furgão o motorista, Cristiano Dornelles Xavier (33) que sofreu ferimentos leves; e o caroneiro Moisés Rodrigues (28), que sofreu escoriações pelo corpo e na cabeça. Ambos foram atendidos no Hospital Dr. José Athanásio e estão em observação. O motorista do Caminhão Guincho, Osmar Rogério De Meneck (60), nada sofreu.

O acidente foi atendido pelo Corpo de Bombeiros Comunitário de Campos Novos e pela Polícia Militar. O choque do caminhão na ponte causou problemas no fornecimento de água no distrito de Ibicui e a equipe do Samae está no local para restabelecer serviço.

Cabe informar que uma mobilização está agendada para o dia 30 de julho a partir das 13h no local, para solicitar uma solução urgente. Entre os pedidos estão melhor sinalização e duplicação da ponte. A mobilização está sendo organizada pelo motorista Joel Santin, que também sofreu um acidente no mesmo local no dia 14 de julho.

Fonte: Anne Arithuza Alves e Ricardinho Silva/Jornal o Celeiro



Comentários
1 Comentários