11 de julho de 2013

Assinada ordem de serviço para restauração da rodovia entre Campos Novos e Tangará

O governador Raimundo Colombo assinou nesta quinta-feira, dia 11, as ordens de serviços para três importantes obras em rodovias de Santa Catarina: a duplicação da SC-403, em Florianópolis, e a pavimentação das rodovias entre as cidades de Videira e Tangará, e entre Tangará e Campos Novos, no Meio-Oeste. Juntos, os três projetos somam cerca de R$ 125 milhões em investimentos.

“Estes projetos representam a melhoria da infraestrutura de Santa Catarina, temos cada vez mais veículos transitando em nossas estradas e precisamos adequar a nossa malha viária a esse novo fluxo, com segurança, modernidade e eficiência. Teremos a duplicação da SC-403, na Capital, que beneficia a região dos Ingleses, onde vivem cerca de 80 mil pessoas, número que aumenta muito durante a temporada de verão. E teremos outras duas obras importantes para o desenvolvimento da região do Meio-Oeste”, destacou o governador Raimundo Colombo.

A obra na SC-403, entre as praias de Canasvieiras e de Ingleses, no Norte da Ilha de Santa Catarina, contempla a duplicação dos 5,2 quilômetros e construção e pavimentação de 3,2 quilômetros de vias laterais para atender o trânsito local. Também serão construídos três elevados: um na Vargem Grande, outro na Vargem do Bom Jesus e o terceiro no acesso para Cachoeira do Bom Jesus. O projeto prevê, ainda, duas passagens subterrâneas, sendo uma em frente à Escola de Educação Básica Luiz Cândido da Luz, eliminando o radar existente no local. A outra será construída na Vila União. A nova SC-403 terá também dez paradas de ônibus, além de ciclofaixa para pedestres e ciclistas. O investimento é da ordem de R$ 36 milhões, resultado de parceria entre o Governo do Estado (que pagará 20% da obra) e o Ministério do Turismo (80%). O prazo previsto para a conclusão é de 12 meses. Dentro de 30 dias, o governador receberá em Florianópolis o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para uma visita oficial às obras da rodovia.

Meio-Oeste

Para o Meio-Oeste, foi assinada a ordem de serviço de dois trechos. O primeiro, entre Videira e Tangará, terá 24 quilômetros pavimentados e custo de R$ 45,7 milhões. O segundo, entre Tangará e Campos Novos, terá 40 quilômetros e investimentos da ordem de R$ 42,5 milhões. O prazo previsto para conclusão os dois trechos é de 15 meses. Serão feitas melhorias como construção de acostamentos, terceira faixa e eliminação de curvas.  “Vamos melhorar tanto a questão de logística como de segurança nas nossas rodovias, diminuindo drasticamente o número de acidentes”, explicou o secretário Cobalchini.

Novos editais

Ainda na manhã desta quinta, o governador também assinou os editais para a execução de obras de revitalização de outras três estradas: 23 quilômetros entre Videira e Fraiburgo, com custo estimado em R$ 40 milhões; 15,2 quilômetros entre Iomerê e Treze Tílias, no valor de R$ 14,2 milhões; e 9,1 quilômetros no distrito de Santa Cruz do Timbó, em Porto União, no valor de R$ 10 milhões.

Todas as obras integram o Pacto por Santa Catarina. O secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, lembrou que 60% das obras previstas pelo programa do Governo do Estado já estão em execução, outras 20% já tiveram o processo licitatório concluído e 7% estão em processo de lançamento dos editais. A expectativa é de que dentro de 90 dias 100% das obras do Pacto por SC estarão sendo executadas.


Fonte: Assessoria
Comentários
0 Comentários