11 de abril de 2013

Municípios atingidos pela estiagem são beneficiados com equipamentos agrícolas

Foto ilustração

Municípios atingidos pela estiagem são beneficiados com equipamentos agrícolas
Mais de R$ 10 milhões foram investidos nos 114 tratores e 100 distribuidores de adubo líquido com capacidade de 5 mil litros para transporte de água que serão entregues a 100 municípios atingidos pela estiagem em Santa Catarina. Nesta sexta-feira, 12, às 16h, o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, realizará a primeira etapa das entregas desses equipamentos a 51 municípios catarinenses, beneficiando mais de 129 mil agricultores familiares. A solenidade de entrega, que contará também com a presença de prefeitos e vereadores, será no Parque de Exposições Tancredo Neves (Parque Efapi), em Chapecó.

A ação coordenada pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca visa equipar as prefeituras para que possam, por meio de transporte de água e abertura de cisternas e açudes, usar as máquinas para atender os agricultores e agricultoras familiares. Segundo o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, o equipamento será de grande importância para os municípios. “As máquinas serão muito úteis para combater a estiagem e melhorar o escoamento da produção da agricultura familiar. Melhorar as estradas, também, facilita o acesso dos agricultores aos mercados de comercialização”, afirma.

Esta é a primeira entrega de tratores para municípios atingidos pela estiagem. Na segunda etapa, prevista para ocorrer em maio, em São Miguel do Oeste, serão entregues os demais equipamentos agrícolas para mais 49 municípios. Os 100 municípios serão contemplados com tratores de 75 cavalos de potência e distribuidor de adubo líquido com capacidade de 5 mil litros para transporte de água nos períodos de estiagem. A compra dos equipamentos foi feita com R$ 10 milhões em recursos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e com R$ 1,15 milhão de contrapartida do Governo do Estado. “No total, foram 117 equipamentos adquiridos via leilão presencial”, destaca João Rodrigues.

O secretário da Agricultura e da Pesca explica que os municípios beneficiados foram escolhidos de acordo com a maior incidência de estiagem nos últimos 10 anos. “Os recursos são limitados. Em conjunto com a Secretaria de Relações Institucionais, optamos por atender àqueles locais que apresentaram mais de cinco decretos de Situação de Emergência reconhecidos pelo Governo Federal”, ressalta. “A parceria entre Governo do Estado e Governo Federal é que beneficia os municípios catarinenses. Sem esse trabalho em conjunto não seria possível a aquisição desses equipamentos”.

Municípios beneficiados nesta primeira etapa:

Águas de Chapecó, Cordilheira Alta, Galvão, Ipuaçu, Ipumirim, José Boiteux, Marema, Nova Itaberaba, Piratuba, Vargem, Abelardo Luz, Águas Frias, Anita Garibaldi, Arabutã, Arvoredo, Bom Jesus, Brunópolis, Campos Novos, Canoinhas, Caxambu do Sul, Chapecó, Concórdia, Coronel Freitas, Coronel Martins, Cunhataí, Entre Rios, Faxinal dos Guedes, Formosa do Sul, Ibiam, Iraceminha, Irati, Jardinópolis, Joaçaba, Lajeado Grande, Lindóia do Sul, Luzerna, Nova Erechim, Ouro Verde, Paial, Palmitos, Passos Maia, Ponte Serrada, Tigrinhos, Santiago do Sul, São Carlos, Serra Alta, Treze Tílias, São Miguel da Boa Vista, Vargeão, Xanxerê e Xaxim.


Fonte: Assessoria de Imprensa


Comentários
0 Comentários